Notícias do Dia

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Fim de noite: "Wind of chance"



Fim de noite desta 6ª vem da Banda alemã "Scorpions", com "wind of chance" ou "O vento da mudança". Do início da década de 1990. Boa noite!

Advogadas: no Brasil, elas são maioria





As mulheres continuam avançando com celeridade no mercado de trabalho. Na área do Direito, elas são maioria. O Brasil tem hoje 603 mil advogados inscritos na OAB. As mulheres representam hoje 50,5%: são 304,8 mil. Na foto, a ministra e ex-presidente do Superior Tribunal Federal, Hellen Gracie, reafirmando que as conquistas femininas nosmais diversos segmentos profissionais são uma realidade no Brasil. Com informações do site Claudio Humberto.

Joel Santana, técnico do Botafogo é "Putyfire"





O vitorioso e competente técnico Joel Santana é realmente uma figura e mesmo com o atraso do Blog, vale a pena, com a devida licença dos vaiscaínos, rever a figuraça da famosa prancheta com seu impagável "putyfire", na charge de Mauricio Ricardo.

Clique aqui:
http://charges.uol.com.br/bobagens_ver.php?bobagem_pk=1854

Sem uma agenda positiva, política nacional vira "Roubolation"




Com o Congresso Nacional sem uma agenda positiva, produzindo pouco ou quase nada de 3ª a 5ª feira, a política nacional transforma-se em alvo de brincadeiras e chacotas. E pensar que estamos em um ano político em que a discussão de problemas nacionais deveriam estar na pauta do Senado e da Câmara Federal. O mal exemplo vem de Brasília que continua metida numa novela real sem graça nenhuma com o ressentido governador Arruda preso e querendo trocar a cadeia pela perda do mandato, em nome de sua dignidade, imagine. Retrato sem retoques do Brasil político de hoje.

Em Natal, o absurdo continua: médicos em greve fecham hospitais de urgência




Depois do Hospital Walfredo Gurgel, ontem, hoje foi a vez do Hospital Santa Catarina ter o atendimento de urgência interrompido pela inaceitável greve dos médicos. De uma média de 500 pacientes recebidos por dia, hoje esse número caiu para zero, pelo menos até as 9h30. De acordo com o clínico plantonista Reinaldo Carlos também não foram realizados atendimentos de urgência.“Só estamos recebendo urgências, casos de parada cardíaca, tiros, facadas”, explica o médico. Ele afirma que o Santa Catarina funciona normalmente com três clínicos gerais, dois cirurgiões, quatro obstetras, dois pediatras e um médico na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Com informações do site Nominuto.

Nota do Blog:

O absurdo continua. O mais grave é que as consequências ficam para a população que fica impotente diante da falta de respeito do poder público para com ela. Gestores públicos da saúde pública e médicos precisam chegar a um acordo que restabeleça o atendimento com urgência, sob pena de ambos serem responsabilizados por possíveis óbitos decorrentes do não atendimento.

Provocação aos brasileiros: Arruda desiste da política





Certos políticos como o governador preso do Distrito Federal José Roberto Arruda, parece não conhecer os limites do cinismo e da dissimulação. Envolvido em um forte esquema de corrupção em Brasília, continuou afrontosamente tentando subornar testemunhas e prejudicando as investigações da Polícia Federal até ser preso pela mesma. Preso há duas semanas, seus bem pagos advogados não sabem bem o que fazer para tirá-lo da cadeia. O último deboche é sua manifestação de que deixará a política para recuperar sua dignidade, e que se acha bastante ressentido. A que ponto chegam alguns seres humanos, políticos, imaginando-se acima do bem e do mal, permitindo-se a manifestar ressentimento quando a Justiça cumpre sua constitucional finalidade. O que eles querem, na verdade, é que Justiça e Polícia só existam para pobres, pretos e p...
Existem, pois uma Arruda e um Arruda: à primeira, a crença popular atribui propriedades medicinais e de servir para espantar maus espíritos. O segundo, o da foto, conseguiu em sua carreira política, afrontar a Democracia brasileira violando o painel de votação do Senado Federal e agora, como Governador do Distrito Federal, liderar um esquema poderoso de corrupção no Governo do Distrito Federal, a sede do poder central do Brasil. A Democracia brasileira precisa fazer valer instrumentos jurídicos eficazes capazes de banir da vida pública políticos e gestores públicos dessa espécie.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Estados Unidos x Brasil: os salários de lá e os de cá







Está no site de Claudio Humberto: O ex-senador João Capiberibe relatou a Ophir Cavalcante, presidente da OAB, haver descoberto no site da prefeitura de SP que a auditora Cleide Yonamine ganha R$ 49.963 por mês. No site da Casa Branca, o salário de Rahm Emanuel, chefe de gabinete de Obama: R$ 27.200.

Nota do Blog:
Incompreensível. Como uma auditora do Estado de São Paulo, no Brasil, possa ganhar praticamente o dobro do que ganha o chefe de Gabinete de Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, a maior potência do planeta? Que parâmetros são estes?
São situações como esta que torna o Brasil o país realmente da "casa da mãe Joana".

Confira aqui

Greve em Atendimento de Urgência é atentado contra a vida






Em greve há 15 dias, médicos da rede pública de Saúde do Rio Grande do Norte interromperam, nesta quarta-feira (24), durante uma hora e meia, os atendimentos de urgência e emergência no maior hospital público do estado, o Hospital Walfredo Gurgel, em Natal. O serviço de emergência é o único mantido neste período de greve nos hospitais públicos do estado.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde Pública, apenas casos graves eram atendidos no hospital durante a paralisação. Os demais eram encaminhados a outras unidades de saúde da capital.

Nota do Blog:

Sabe-se, a profissão de médico é uma das mais dignas e merecedora de respeito, admiração e reconhecimento, por sua natureza especialíssima de dedicar-se a curar enfermos e salvar vidas. Trata-se, portanto, de uma atividade essencial.
As relações do trabalho por sua legislação prevê o direito à greve. No entanto, paralisar serviços de saúde emergenciais como o Pronto Socorro Clovis Sarinho, pertencente ao completo do Hospital Walfredo Gurgel, equivale a uma sentença de morte para muitos dos norte-riograndenses que, desprovidos de um plano de saúde, para lá são levados na tentativa de terem suas vidas salvas. Não almejam um atendimento de primeira qualidade, pois conhecem por experiências próprias, a realidade do Walfredo Gurgel.
É inaceitável que o poder público não consiga gerenciar a problemática da saúde, que não é simples, a ponto dos profissionais do segmento terem que apelar para a greve como ferramena de pressão para suas justas reivindicações. Somente reconhecer o direito em meio a uma greve, último recurso a ser utilizado, é ter também responsabilidade sobre as consequências da mesma.
É impressionante a incapacidade de gestão dos responsáveis pela Saúde estadual e municipal, a ponto de chegar às inaceitáveis paralisações. Até quando?

Mega Sena acumula e pode pagar 70 milhões




Os números sorteados ontem (24) em Florianópolis (SC) foram: 09 - 24 - 31 - 44 - 48 - 49.

Ninguém acertou as seis dezenas do concurso de número 1.156 da Mega-Sena, sorteado na noite desta quarta-feira, e o prêmio acumulou em R$ 61.659.631,20. Por isso, no próximo sábado, a loteria pode pagar um prêmio de R$ 70 milhões ao bilhete que acertar os números sorteados no concurso de número 1.157.

O maior valor já pago foi o de R$ 144,9 milhões, sorteado na Mega-Sena da Virada em 31 de dezembro do ano passado. Em seguida, estava o de R$ 64,9 milhões, pago em 1999 a um apostador de Salvador (BA).

Nota do Blog:
Os jogos lotéricos continuam e continuarão alimentando os sonhos e expectativas de muitos brasileiros endividados ou que por mero vício recorrem aos jogos para ganhar uma grana extra.
O caso recente no Rio Grande do Sul deve servir de alerta na hora de fazer a "fezinha" escolhendo uma casa lotérica confiável, se é que existe, para fazer o jogo. São cuidados para evitar o ocorrido com os gaúchos que foram dormir milionários e acordaram sem nada. Ganharam mas não levaram. Boa sorte a todos.

Eleição presidencial 2010: Ciro mantém candidatura




Ciro Gomes, bem ao seu estilo, está pronto para a briga. O "soco" sugerido pela foto acima se volta para a Planalto, mas precisamente para Dilma Roussel que gostaria de vê-lo longe, muito longe da disputa presidencial. Mas o cearense paulista ou paulista cearense, ex-governador do Ceará, ex-ministro da Fazenda e atual deputado federal pelo PSB não deixa por menos e tem sido o culpado pelo "stress" constante do presidente Lula. Lembram daquela viagem adiada em Recife? Testemunhas afirmam que o responsável pela elevaçao da pressão arterial do presidente foi uma reunião pouco tempo antes de Lula com o Governador de Pernambuco Eduardo Campos e Ciro, quando a temperatura da discussão entre eles foi nas alturas.
Considerado de pavio curtíssimo e até sem pavios para outros, é inegável o preparo e a capacidade política e intelectual de Ciro Gomes quando está em discursão problemas nacionais. Evidentemente sua candidatura dificulta se não inviabiliza a candidatura de Dilma à sucessão de Lula e este tem sido o "calo" no sapato do Governo nestes dias em que Ciro arma o soco e diz manter sua candidatura à presidência. Como em política, tudo é possível - querem os políticos - é aguardar para ver os próximos capítulo de "viver a política".

Justiça lenta no RN: Foliaduto e Higia sem culpados





Quatro anos depois, nenhum culpado. O escândalo potiguar do Foliaduto fez aniversário na quarta-feira de cinzas. Era carnaval de 2006 quando o estado receberia shows de artistas consagrados. Mais de R$ 2 milhões foram pagos. Mas não houve apresentações. Segundo o Ministério Público, o então chefe de gabinete civil , Carlos Faria, irmão da governadora Wilma Faria (PT), teria autorizado as despesas.
Com informações do site Claudio Humberto

Nota do Blog:
A Justiça brasileira tem comportamentos absolutamente diversos dependendo de que processo esteja sendo julgado. Vejamos os escândalos Foliaduto - aquele em que o Governo do RN pagou a Bandas que não tocaram, algo em torno de R$ 2 milhões e duzentos mil reais -, e a Operação Higia, ambos envolvendo pessoas muito próximas e até parentes da Governadora, em ambos os casos. Curiosamente, os processos estão parados. O do foliaduto há quatro anos. E, como se sabe, Justiça lenta é justiça negada. E garantia da impunidade.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Auxílio-reclusão: absurda inversão de valores






Auxílio-reclusão
O auxílio-reclusão é um benefício devido aos dependentes do segurado recolhido à prisão, durante o período em que estiver preso sob regime fechado ou semi-aberto. Não cabe concessão de auxílio-reclusão aos dependentes do segurado que estiver em livramento condicional ou cumprindo pena em regime aberto.

Para a concessão do benefício, é necessário o cumprimento dos seguintes requisitos:

- o segurado que tiver sido preso não poderá estar recebendo salário da empresa na qual trabalhava, nem estar em gozo de auxílio-doença, aposentadoria ou abono de permanência em serviço;
- a reclusão deverá ter ocorrido no prazo de manutenção da qualidade de segurado;
- o último salário-de-contribuição do segurado (vigente na data do recolhimento à prisão ou na data do afastamento do trabalho ou cessação das contribuições), tomado em seu valor mensal, deverá ser igual ou inferior aos seguintes valores, independentemente da quantidade de contratos e de atividades exercidas, considerando-se o mês a que se refere.

Nota do Blog:

Também chamado de bolsa-bandido, o auxílio-reclusão é mais uma dessas absurdas excrescências da previdência social no Brasil.
Todo presidiário com filhos tem direito a uma bolsa que, a partir de 1º/1/2010 é de R$798,30 por filho. Ou seja, um criminoso que esteja preso condenado seja por assassinato ou por qualquer outro crime e que tenha cinco filhos - número de filhos comum entre presidiários - recebe dos cofres públicos, mais precisamente da Previdência Social, algo em torno de R$ 3.990,00 (Três mil e novecentos e noventa reais), para alimentar seus filhos.
Algo inaceitável, quando os aposentados e pensionistas que contribuíram ao longo de muitos anos e são mantenedores da Previdência Social não conseguem ter os reajustes devidos a suas minguadas aposentadorias e pensões, muito deles recebendo apenas um salário mínimo.
O caso configura uma inaceitável injustiça para com os contribuintes da Previdência e um estímulo ao crime. Verdadeiro absurdo que precisa ser corrigido. Urgentemente.

Não acredita? Confira no site da Previdência Social
http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22

Alta temperatura: nível de raios ultravioleta é preocupante




De acordo com dados do Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE), os níveis de raios Ultravioleta (UV) estão elevadíssimos atualmente nos últimos dias, tendo chegado a 15 em Natal, ontem. O número é considerado extremo, uma vez que o nível tolerável não deve ultrapassar a 10. O problema ocorre também em outras treze capitais do país.

Segundo o presidente da Sociedade de Dermatologia do RN, Sidney Augusto, o período mais crítico de exposição estáentre 9h30min. e 15 horas, quando ocorre maior liberação dos raios UVB, considerados a causa do câncer de pele.

Para se obter uma proteção contra a radiação excessiva, o especialista sugere o uso de filtros solares com fator de proteção a partir de 20, aplicados a cada três horas, ou no mínimo duas ou três vezes ao dia, para quem não está muito exposto ao sol. Para quem trabalha no sol ou fica muito tempo na praia, a aplicação deve ser feita em pelo menos a cada duas horas. No atual período, é indispensável se tomar os cuidados com o corpo indicados pelos especialistas. O bronzeado tão desejado por todos é possível, tomadas as devidas precauções.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Fim de noite: "Bridge Over Troubled Waters"



Fim de noite retorna hoje com "Bridge Over Troubled Waters" de Paul Simom & Garfunkel, em versão traduzida. Boa noite!

Dengue: combate é dever do Estado mas responsabilidade de todos




Combater o mosquito da dengue é dever do governo, das autoridades de saúde, e também de todos nós. Mas, na prática isso não acontece.

A dengue avança no Brasil inteiro. Há regiões quentes e chuvosas em que há dengue o ano todo. Na Bahia, por exemplo, aproveita-se o carnaval e partidas de futebol para se fazer alertas. Fala-se muito desse novo tipo de dengue, que provoca dengue hemorrágica. Na Bahia, houve 122 mil casos no ano passado. E a luta continua.

É significativo que em Goiás, onde está a capital do país, neste ano já foram 24 mil casos de dengue. Em Brasília, o principal foco de dengue fica na Vila Planalto, bairro que fica entre a residência presidencial e a sede do governo, que é o Palácio do Planalto. Isso mostra que há uma responsabilidade dos governos federal, estaduais, municipais e também dos moradores.

É dever constitucional do Estado, que arrecada muito imposto para cumprir seu dever de saúde. Mas é também dever das pessoas, que devem ter responsabilidade. Não podem pensar só em si, devem pensar nos vizinhos.

É, de novo, uma questão de civilidade. A pessoa deve lembrar que mora em comunidade. O mosquito nos pica para lembrar que há algo errado no país. É uma questão de lixo e de desleixo.

Do site Globo.com

Brasília: Paulo Otávio renuncia. Assume Wilson Lima




O vice-Governador e Governador em exercício Paulo Otávio acaba de renunciar ao Governo do Distrito Federal. Assume o Deputado Distrital Wilson Lima.
Paulo Otávio afirma que, com sua saída do cargo, ele pretende "oferecer às forças políticas a oportunidade de restabelecer seu poder e, sobretudo, ao apaziguar os ânimos, garantir ao brasiliense a recuperação de sua auto-estima".
Brasília continua politicamente em ebulição.

OAB quer "fichas limpas" na política brasileira



O presidente Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, afirmou ontem (22) que apoia o projeto de lei que impede os candidatos com “ficha suja” na Justiça. Mas, para ele, só devem ser impedidos os candidatos que foram condenados na segunda instância. O projeto de iniciativa popular tramita no Congresso desde outubro de 2009. O texto prevê que condenados em primeira ou única instância por crimes graves não possam disputar eleições. Até o dia 17 de março um novo projeto deve ser negociado na Câmara dos Deputados.

Nota do blog:
A Ordem dos Advogadosdo Brasil mais uma vez se posiciona bem e se manifesta em questões nacionais relevantes . Desta vez em relação ao projeto de lei que proibe a candidatura a cargos eletivos de políticos que tenham sido condenados pela Justiça. A proposta inicial é de que sejam impedidos quem for condenado já em primeira instância pela Justiça Eleitoral, o que seria o ideal, mas a OAB sugere que o impedimento se dê por ocasião da condenação em 2ª instância, o que acaba favorecendo aos candidatos "fichas sujas" que acabam conseguindo postergar novo julgamento. De qualquer maneira, é um avanço, uma vez que não dá para esperar reforma política séria que suprima privilégios absurdos dos políticos com mandatos eletivos.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

IR 2010: Receita libera programa de Declaração PF e PJ






Clique aqui e faça o download

A Receita Federal acaba de disponibilizar o programa para Declaração de Imposto de Renda - Pessoa Física e Pessoa Jurídica - 2010. No entanto, as declarações somente poderão ser feitas a partir de 1º de Março.
Segundo o órgão, o prazo de entrega da declaração do IR deste ano vai até o dia 30 de abril. Quem perder o prazo está sujeito a uma multa mínima de R$ 165,74.

A declaração poderá ser enviada pela internet, por meio da utilização do programa de transmissão da Receita Federal (Receitanet), via disquete (nas agências do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal), ou em formulário, nas agências e nas lojas franqueadas da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), durante o seu horário de expediente. Neste último caso, o custo é de R$ 5, a ser pago pelo contribuinte.

Brasil: o país está mudando?




A pergunta acima precisa ser contextualizada para ser melhor compreendida em seu objetivo. O contexto é inevitávelmente o político, e os fatos recentes envolvendo os dois políticos da foto nos induz à impressão de que pelo menos no que se refere à impunidade, as coisas nos levam à imaginar que o Brasil está mundando sim.
Senão, vejamos: o Governador do Distrito Federal - o mais expressivo ente federativo do país -, José Roberto Arruda está preso na Polícia Federal há duas semanas, acusado de comandar um esquema de corrupção. O prefeito de São Paulo - o mais importante estado da federação - corre sério risco de ser cassado, por crime eleitoral. A curiosa coincidência é que ambos são (Arruda foi) do DEMocratas, principal partido de oposição ao Governo Federal, juntamente com o PSDB.
São dois casos distintos mais igualmente emblemáticos no cenário político nacional. Seus desdobramentos é que dirão se realmente o país está mudando para melhor ou se tudo não passa de brigas partidárias que em vez de discutir o Brasil, se apegam a questiúnculas menores movidos por motivos e interesses inconfessáveis. É importante que os brasileiros mantenham-se atentos aos fatos e influir nas grandes questões nacionais.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Aprendendo como aplicar a Lei do Karma




A lei do Karma é aquela lei que ajusta, sábia e inteligentemente, o efeito a sua causa. A lei do Karma governa todo o criado, e é uma lei imodificável. Neste Domingo, para sabermos mais, o Blog foi à fonte do assunto e transcreve abaixo o texto de Eunice Ferrari. Boa leitura!


"É muito mais fácil atingir o sucesso quando temos consciência de algumas leis importantes para se chegar a ele. A compreensão da lei do carma é uma delas. O que é o carma afinal? Estou mesmo sujeito a ele, sem nenhuma escolha ou opção? Sim e não.
Carma é, na verdade, o resultado do conjunto de ações, sentimentos e pensamentos que praticamos diariamente, hoje e em nosso passado. Toda forma de ação, seja ela física, emocional ou mental, gera um quantum de energia que retorna para nós da mesma maneira.
Desde crianças sabemos através de nossos estudos de física que "toda ação produz uma reação igual e em sentido contrário", ou seja, tudo o que sair de nós, retornará a nós. Os Upanishads diz: "O que for a profundeza do teu ser, assim será o teu desejo. O que for o teu desejo, assim será a tua vontade. O que for a tua vontade, assim serão os teus atos. O que forem teus atos, assim será o teu destino". Isso é o carma: o resultado de nossas escolhas, sejam elas conscientes ou não.
Quanto mais conscientes somos de nossos pensamentos, emoções e atitudes, mais controle sobre nossas vidas e nossos destinos teremos. Portanto, o carma define nosso destino.
As reações que temos todos os minutos de nossas vidas são escolhas nossas, por mais inconscientes que forem. Por isso insisto no caminho da auto consciência como caminho de vida. Essa é nossa única arma, nossa única ferramenta para nos apropriarmos de nosso poder pessoal. Quando estiver diante de uma escolha, preste bastante atenção a ela. Pergunte-se qual o teor de benefício que essa escolha trará a você e às pessoas que ama. Sinta em seu coração, em suas emoções o caminho que deve escolher. Mas não se engane. Numa disputa entre consciente e inconsciente, o segundo ganha facilmente. Sinta em seu corpo a resposta. Ele dirá a você.
Deepak Chopra diz: "nada do que se deve ao Universo fica sem pagamento". Portanto, o que fazer com o carma que já criamos? Infelizmente, toda energia que for lançada no Universo continuará seu percurso independente de nossa vontade. Quanto ao carma passado, ele terá que ser cumprido. Você pode escolher simplesmente se submeter a ele, mas pode entender que existem algumas maneiras mais inteligentes do que apenas cumpri-lo. Você pode tentar compreende-lo: entender as mensagens que o Universo está enviando a você através do sofrimento/aprendizado.
Certamente, quando você encontra um sentido para as dificuldades e impotência de algumas situações vividas, tudo fica mais leve e mais fácil de ser enfrentado. Investigue no mais profundo de seu coração os motivos pelos quais está passando por certas experiências e o que de fato deve aprender com elas.
Quando você entende o significado, você planta uma semente e começa a compreender a lei do dharma, do destino pessoal, de sua verdadeira tarefa nesta existência terrena. Não tenha nenhuma dúvida que desta maneira a vida se torna mais interessante mesmo em meio às vicissitudes impostas. Você aprende a se utilizar do próprio carma para criar um novo carma, mas desta vez um carma positivo. Existe ainda outra maneira de lidar melhor e até limpar um carma negativo: a meditação. Meditar limpa o carma da mesma forma que limpamos um chão sujo. A cada mergulho dentro de nós saímos mais limpos e transformados. Mais conscientes, inteiros, integrados e limpos."

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Ainda sobre trânsito: a vingança das mulheres



Realmente o motorista faltou à aula preparatória para habilitação referente a como estacionar. A dama de preto não perdoou.

Trânsito: Você sabe o que é ponto cego?




Vale a pena seguir as dicas de especialistas em trânsito sobre como dirigir e evitar acidentes. Os retrovisores são ferramentas importantes no modo de dirigir. A conclusão é que muitos acidentes no Brasil poderiam ser evitados. Só depende de quem dirige. Eu, você, todos.

É preciso trabalhar melhor




Neste Sábado, o Blog recorre ao escritor e palestrante Roberto Shinyashiki que em seu artigo abaixo, dá dicas de como trabalhar melhor e consequentemente atingir os objetivos profissionais desejados. Com a palavra, o especialista:

"É preciso trabahar melhor"

O sucesso é consequência de um trabalho especial. Se você faz o que todo mundo faz, chega aonde todos chegam. Se você quer chegar a um lugar aonde a maioria não chega, precisa fazer algo que a maioria não faz.


Muitas pessoas ainda têm a idéia equivocada de que todos os problemas profissionais ou financeiros se resolvem com mais trabalho.

Mas, lembre-se: se você estiver na estrada errada, aumentar a velocidade só o levará mais rapidamente para longe do seu destino.

Trabalhar mais é bom, mas o importante mesmo é trabalhar melhor.

O que significa isso? Significa trabalhar de forma diferente, com a visão do todo e, frequentemente, deixar de fazer coisas que não dão o resultado desejado.

Penso, por exemplo, naquele novo empresário que criou o seu negócio graças à sua experiência de vendas. Ele dará ênfase especial à equipe de vendas, é óbvio. Mas, se passar a enfrentar uma concorrência dura e sua margem de lucro começar a diminuir, um belo dia ele perceberá que está tendo prejuízo.

Como sua paixão são as vendas, contratará mais vendedores e investirá na equipe. O prejuízo continuará crescendo. Cada vez mais faltará dinheiro para pagar as contas. Ele fará um empréstimo bancário. E continuará insistindo: é preciso vender mais! Os vendedores aumentarão os descontos, mas as vendas diminuirão ainda mais. Resultado? Falência.

Em vez de continuar investindo em vendas, esse empresário deveria ter analisado de maneira mais integral o seu negócio, entendendo o mercado e fazendo mudanças mais amplas no modo de trabalhar. Provavelmente o problema não estava no setor de vendas, mas em outra área da empresa, ou mesmo no encaminhamento global dos negócios.

Trabalhar melhor geralmente significa mudar o que se faz. O agricultor que trabalha na enxada de sol a sol e não consegue uma boa colheita não vai resolver seus problemas trabalhando mais algumas horas por dia. Resolverá seus problemas procurando conhecer mais o solo para adubá-lo melhor, utilizando sementes melhores e alugando ou comprando um trator para não ter de voltar à enxada. Às vezes fazer mais do que se faz pode levar à falência ainda mais rápido.

O mesmo processo ocorre com muitos estudantes que não têm método, não prestam atenção na aula, estudam ouvindo música no walkman, deitados... Quando criam um método – que quase sempre se baseia em participar mais das aulas e ter disciplina na hora de estudar – conseguem melhores resultados com menos tempo de estudo. A solução não é exatamente estudar mais, mas estudar melhor para aprender mais.

O sucesso é consequência de um trabalho especial. Se você faz o que todo mundo faz, chega aonde todos chegam. Se você quer chegar a um lugar aonde a maioria não chega, precisa fazer algo que a maioria não faz.

Ser um profissional especial é ser aquele que consegue definir o jogo a favor de seu time. Aquele que tem a marca registrada de seu trabalho.

Existem habilidades que garantem sua presença na partida e competências que o transformam numa pessoa especial. Isso é semelhante ao que acontece na vida de um atleta. Preparo físico, garra e estado de alerta auxiliam um jogador a participar da partida, mas não são suficientes para levá-lo ao pódio. Quando um time ganha um título, percebe-se que os campeões têm características fora do comum, que determinam o sucesso de sua trajetória.

Se somente a garra definisse o resultado de uma partida, os times uruguaios seriam vencedores de todos os campeonatos que disputam. Infelizmente – para eles, é claro –, a garra tem de ser acompanhada de habilidades que garantam a vitória.

Sem dedicação, um profissional dificilmente terá emprego. Por outro lado, se só tiver garra, vai ficar patinando na carreira. No mundo moderno, trabalhar muito não é bastante para criar o diferencial que um vencedor precisa. Já não se trata de uma questão de apenas vestir e suar a camisa da empresa.

Política e Carnaval: o segredo é manter o "segredo".




No carnaval, mais precisamente na Marquês de Sapucaí, no Rio, o "Segredo" do carnavalesco Paulo Barros deu o título à Escola Unidos da Tijuca. Enquanto isso, em Brasília, os segredos do Governador afastado e preso José Roberto Arruda aos poucos vão sendo desvendados e enlameando cada vez mais a política brasileira, começando por Brasília, a mais importante unidade federativa do Brasil por sediar o poder central.
No áudio, Heródoto Barbeiro, da CBN, dá detalhes sobre o assunto. Ouçam.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Mal na foto: Lula entre Arruda e Paulo Otávio




Desde que explodiu o escândalo em Brasília envolvendo o Governador afastado e preso do Distrito Federal José Roberto Arruda, com vídeos e fotos mais do que comprometedoras, o presidente Lula com sua retórica particularíssima em que não raras vezes agride fortemente a Gramática da Língua Portuguesa, construiu algo mais ou menos assim: "fotos não provam nada" ou "uma fotografia não quer dizer nada". Obrigado pela liturgia do cargo presidencial a posar com políticos de toda espécie, talvez por conveniência própria, estaria se referindo a uma foto como a desta postagem, em que aparece ladeado por Arruda e Paulo Otávio, ambos envolvidos em denúncias e sérios indícios de participação em um esquema de corrupção no Distrito Federal. Curiosamente, os dois riem não se sabe de quê, menos o presidente Lula. Ossos do ofício.

Termina amanhã, Sábado, o horário de verão




Implantado em 18 de outubro de 2009 com o objetivo de se obter economia de energia, termina à meia noite deste sábado, 20, o horário de verão.

Devem atrasar os relógios em uma hora moradores dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

A estimativa é de que esta edição do horário de verão tenha levado a uma economia total da energia de 0,5%, o que corresponde a cerca de 490 GWh no Sudeste e Centro-oeste e 136 GWh no Sul. Já a previsão de redução da demanda para esta edição deve ficar em 4,4% nas regiões Sudeste e Centro-oeste, ou seja, 1.780 MW. No Sul, a previsão deve ficar em 4,5% de redução na demanda, o que representa 490 MW.

Nota do blog: No Rio Grande do Norte, somente quem adiantou o relógio em 1 hora, deverá atrazar o mesmo também em 1 hora. Os que deixaram inalterados osrelógios, permanecem como antes.

Bandeira Branca para o Carnaval da Saudade do Ivipanim Clube






Fotos do Portal Costa Branca

Bandeira Branca
Max Nunes / Laércio Alves

Bandeira branca, amor
Não posso mais.
Pela saudade
Que me invade eu peço paz.
Bandeira branca, amor
Não posso mais.
Pela saudade
Que me invade eu peço paz.
Saudade, mal de amor, de amor
Saudade, dor que dói demais
Vem, meu amor
Bandeira branca eu peço paz.
Bandeira branca, amor
Não posso mais.
Pela saudade
Que me invade eu peço paz.
Bandeira branca, amor
Não posso mais.
Pela saudade
Que me invade eu peço paz.


Bandeira Branca para o Ivipanim Clube de Areia Branca!

O histórico e bravo Ivipanim Clube de Areia Branca deu a todos nesta última sexta-feira, 12, na abertura do Carnaval da Saudade, uma inequívoca demonstração de que está vivo e resiste ao tempo recebendo em seu salão, saudosos e fiéis foliões areia-branquenses.
Logo na primeira música, os músicos não deixaram por menos e caprichando no repertório, levaram ao salão ávidos e apressados pierrôs, alerquins e colombinas que não podiam nem queriam perder tempo. Mesmo em sua décima primeira edição, o Baile da Saudade continuará sendo uma imperdível viagem no tempo, possibilitada pela quase solitária mas bem vinda e necessária persistência do areia-branquense Rogério Edmundo, atual presidente do clube, um abnegado que insiste em acreditar que a modernidade das bandas voltadas para o público jovem é absolutamente compatível com o frevo e marchinhas tocadas pelos músicos, ao vivo, no salão do único clube social de Areia Branca.
A alegria e a animação que tomaram conta de todos os foliões presentes é uma afirmação inconteste de que a festa tem que continuar, prestigiada que foi por tantos que lotaram o salão do Ivipanim. A festa carnavalesca foi além de seus objetivos, na medida em que reuniu famílias, promoveu encontro de amigos que há muito tempo não se viam, adicionando um ingrediente muito agradável em uma festa super descontraída, onde a palavra de ordem foi diversão. O clima predominante era de total descontração e tranqüilidade onde as tristezas e mágoas eventuais foram substituídas por um ambiente de bem estar e de total confraternização.
O Ivipanim continua sendo um patrimônio cultural de inestimável valor para todos especialmente para os areia-branquenses que ao longo do tempo prestigiam seus eventos e sua história. Sua importância social é muito grande mas suas instalações físicas sobrevivem com dificuldades e limitações e clama por uma urgente restauração, sendo uma excelente oportunidade para um projeto de parceria para ampliação vertical de seu espaço com o objetivo de associar a utilidade social a ações efetivas na área cultural. Um desafio que é de todos os areia-branquenses e que bem poderia ser abraçado pelo poder público municipal. Nesse sentido, o reconhecimento da instituição como de Utilidade Pública nos níveis Estadual e Municipal já é uma realidade, o que o habilita a receber dotações orçamentárias estadual e/ou municipal capazes de viabilizar sua restauração e ampliação.
Aos que tentaram destruí-lo literalmente e entregar o terreno à ambição comercial de forasteiros, a exemplo da ex-quadra de esportes Maria Duarte (atual INSS), lastimamos tal atitude e lembramos que o amor dos areia-branquenses por seu único clube social, espaço de inesquecíveis encontros da família areia-branquense, haverá de garantir sua preservação pois estará sempre acima de interesses menores.
O Ivipanim é nosso. É de todos os areia-branquenses.

Alcindo de Souza

Você usa energéticos? Conheça os mitos e verdades sobre eles




Para enfrentar a agitação da balada ou para espantar o cansaço de uma noite mal dormida. Estes são apenas dois dos motivos para o consumo de energéticos, os hoje chamados de "refrigerantes para adultos".

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e Bebidas não Alcoólicas, entre julho e dezembro de 2008, o consumo destes produtos no Brasil foi de 11,7 milhões de litros.

Mas será que os energéticos são benéficos para a sua saúde? Ou, pelo contrário, podem trazer consequências ao organismo? E será que viciam? Numa competição, pode dar dopping? A lista de dúvidas que rondam os tais "refrigerantes" é grande. Para responder estas e outras perguntas sobre a bebida, o MinhaVida conversou com um time de especialistas no assunto.

A seguir, o fisiologista especializado em medicina esportiva, Jorge Zogaib, o personal trainer Edson Ramalho, as nutricionistas Roberta Stella e Patrícia Ramos e o clínico geral Flavio Tocci falam sobre os pontos positivos e negativos dos energéticos.

O que é um energético?
Energéticos são bebidas à base de cafeína e outras substâncias estimulantes, como a taurina e a glucoronolactona, que potencializam a resposta do cérebro aos estímulos, deixando o corpo mais ativo ou acelerado.

Sua fórmula faz com que a pessoa se sinta revigorada durante algumas horas o que causa uma disposição aparente. Mas a ação dos energéticos também tem efeito rebote para o organismo.

"É um meio falso de restabelecer o pique. Passado o efeito, você fica ainda mais cansado e sente os efeitos do estresse muscular", explica o fisiologista Paulo Zogaib.

Quando consumidas em excesso, as substâncias estimulantes causam ansiedade, agitação, cefaleia e, em alguns casos, apresentam grau de toxidade questionável, como a taurina e a glucoronolactona. "São substâncias que alteram o funcionamento de nosso organismo de forma brusca, por isso devem ser ingeridas com moderação e certa cautela", diz Zogaib.

Um energético hidrata o corpo?
Não, pelo contrário, é uma bebida diurética, que faz o organismo eliminar líquido. Segundo a nutricionista Roberta Stella, a principal característica dos energéticos é aumentar a resistência física devido à presença, principalmente, da cafeína. "Eles não foram desenvolvidos visando à hidratação e, por isso, não devem ser consumidos com esta finalidade, sendo necessária a ingestão de água para obter uma boa hidratação", explica.

Álcool

Por que a combinação com álcool é perigosa?
Quando são consumidos em combinação com álcool, os energéticos provocam aumento da adrenalina, palpitações, suor e dependendo da quantidade ingerida, podem levar à desidratação já que os dois são diuréticos. Segundo Paulo Zogaib, a combinação do energético com o álcool é perigosa, porque leva a excessos de ingestão de ambas as substâncias.

"O álcool é um depressor do sistema nervoso central (ele retarda as respostas do cérebro aos estímulos), enquanto o energético é um estimulante, por isso, quando ingerimos álcool é preciso aumentar a dose de energéticos para se alcançar o efeito de euforia. A pessoa que bebe a mistura fica mais acelerada pela ação do estimulante e mais corajosa pela ação do álcool, o que pode ser perigoso", afirma o fisiologista Paulo Zogaib.

O energético tem a mesma função dos isotônicos?
Não. Para a nutricionista Patrícia Ramos, esta é uma substituição perigosa que pode levar a problemas mais sérios como a desidratação. De acordo com uma pesquisa realizada pela Unifesp, em dezembro de 2009, 20% das pessoas que bebem energéticos os consomem nas academias como se fossem isotônicos.

Os energéticos foram criados para amenizar a sensação de exaustão e cansaço, enquanto os isotônicos têm o objetivo de repor a água e os sais minerais que perdemos após uma atividade. "Os energéticos aceleram nosso cérebro e nossas funções, camuflando a sensação de cansaço. Já os isotônicos repõem nutrientes importantes. Trocar um pelo outro pode comprometer a saúde e o desempenho de quem não está atento a estas diferenças", explica Patrícia.
Faz mal tomar o energético em jejum?

O risco de tomar um estimulante em jejum está ligado a absorção de suas substâncias pelo organismo. "Um energético ingerido em jejum pode comprometer as funções do estômago e de todo o aparelho digestivo, além de potencializar os efeitos da bebida na medida em que sua absorção se torna mais rápida e os efeitos mais intensos", explica o fisiologista.

Cafeína

Tomar só energético, sem combinar com álcool, pode prejudicar a saúde?
O clínico geral explica que os energéticos, quando consumidos sozinhos, também fazem mal e que, apesar de serem muito mais perigosos quando combinados com bebidas e outras substâncias, acabam comprometendo a saúde, mesmo quando consumidos isoladamente, em função da alta dose de cafeína e de outros estimulantes.

Eles prejudicam o sono?
Sim. Em um primeiro momento você perde o sono e fica acelerado, porém, segundo Paulo Zogaib, acabado o efeito, o organismo precisa compensar as horas de sono perdidas e daí a pessoa tende a dormir mais. "Você fica agitado por umas horas e não dorme, depois, dorme demais para compensar o tempo perdido", explica.

Remédios

Há interações perigosas com medicamentos?
Sim. O resultado da combinação de energético com medicamentos pode ser bastante prejudicial ao organismo. Se a pessoa já tem algum problema de saúde, tende a piorar. O uso isolado de estimulantes já altera as funções do organismo. "Se o remédio também for estimulante, por exemplo, poderá haver uma inibição de seu efeito", diz Zogaib.

Vicia o organismo a ponto de perder o efeito?
Sim. Assim como os demais estimulantes químicos (cafeína ou drogas, como a cocaína, dentre outros), eles deixam de fazer efeito se tiverem o uso for contínuo e a pessoa passa a ingerir quantidades cada vez maiores para obter o mesmo resultado. "Isso varia muito de pessoa a pessoa, mas em geral, o corpo acostuma e pede cada vez mais. Vira um círculo vicioso grave", explica Paulo.
Extraído do site Yahoo.

Nota do Blog: Controverso em seus possíveis benefícios, é recomendável que assim como a bebida alcóólica, o energético seja consumido com moderação.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Charge: ressaca política do Carnaval



Do arquivo super criativo do competente Mauricio Ricardo, tomamos emprestada esta das figuras políticas em evidência.

Paulo Otávio atende sugestão de Lula e permanece no Governo do DF




"Em pronunciamento no Salão Branco do Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal, o governador em exercício do DF, Paulo Octavio, acaba de ler uma nota em que comunica a decisão de permanecer no cargo, por enquanto, apesar da falta de apoio dos partidos políticos. A decisão ele havia antecipado à deputada distrital Eliana Pedrosa (DEM), nesta quinta-feira. Ele chegou a redigir uma carta em que explicava a decisão de renunciar, lembrando sua tentativa frustrada de unir as forças políticas do DF, em um governo de coalização, mas não conseguiu. Com essa decisão, Paulo Octavio deverá se afastar do seu partido, o DEM, que o ameaça de expulsão. A decisão do governador é provisória, segundo ele próprio afirmou, ao dizer que segue a sugestão do presidente Lula, de aguardar o desenrolar dos acontecimentos, inclusive quanto ao pedido de intervenção federal no DF." Do site Claudio Humberto.

Nota do Blog: A cena se repete. Quando explodiu a mais recente crise no Senado Federal, o seu presidente, senador José Sarney deu entrevista e considerando o fato mais simples do mundo, disse que somente tomaria uma decisão sobre seu possível afastamento da presidência do Senado, depois que conversasse com Lula, que encontrava-se em viagem pelo exterior.
Agora, no ápice da crise institucional que assola Brasília, o vice-Governador, atualmente Governador em exercício, acaba de anunciar, depois de se reunir com Lula, e por sugestão dele, que permanecerá no Governo. O Governador afastado, José Roberto Arruda, continua preso na Polícia Federal, em Brasília.
O curioso é a interferência do presidente Lula em assuntos nos quais ele deveria se manter equidistante. No primeiro caso, o Senado faz parte do Poder Legislativo, portanto um poder independente. Agora, no caso do Governo Distrital, cabe ao Poder Legislativo e à Justiça decidirem.

Cardápio do dia em Brasília: renúncia, intervenção, prisão, corrupção...





O cardápio do dia parece demasiadamente indigesto para os brasilienses assim como para os brasileiros em geral que são sérios, honestos e politicamente corretos. Mas, lamentavelmente o grave quadro político de Brasília é real, desabonador e preocupante na medida em que a mais importante unidade federativa do país - o centro do Poder - se transforma em um balcão sujo de negócios tendo como fundo a ganância pelo poder e o total desrespeito com o dinheiro público, resultante dos absurdos impostos pagos pelos brasileiros que deveriam ter como reciprocidade a saúde, educação, segurança, moradia. Em vez disso, nos devolvem o escárnio, a mentira, a subestimação de nossas inteligências, afrontando-nos a todos.
Alguém já disse que a generalização é quase sempre injusta, com o que o Blog concorda. Mas, convenhamos, está cada vez mais rara a exceção. A constatação é de que a regra transformou-se na exceção.
Um aspecto positivo a ressaltar na crise de Brasília, é a atuação do Poder Judiciário, tantas vezes reclamado pela sua lentidão na promoção da justiça quando envolvendo simples mortais.
No caso em foco, a Justiça tem feito valer o Estado Democrático de Direito, e, garantindo o inalienável direito à plena e ampla defesa, tem atuado com firmeza, como espera a opinião pública.
Falando em opinião pública, esta deve manter-se atenta aos fatos, visto que numa Democracia, a sua participação ativa e permanente reveste-se de grande importância e deve sim ser levada em conta nas decisões políticas e sociais de uma sociedade organizada.
A sua omissão costuma ser transformada em um campo fértil para os maus brasileiros usurparem seus direitos e deles tirarem proveito. De forma vil e criminosa.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Cartões Corporativos: cheque em branco com o dinheiro do povo




Os gastos do governo federal com cartões corporativos em 2010 já atingiram mais de R$ 6,15 milhões apenas durante o primeiro mês do ano. Somente as despesas da Presidência da República somaram R$ 1,3 milhão em janeiro, mas jamais serão reveladas: são classificadas de “sigilosas”. As atividades da Polícia Federal, vinculadas ao Ministério da Justiça, consumiram R$ 1,5 milhão usando os cartões.

Autorizados desde 1995, os cartões corporativos do governo federal foram instituídos em 2001, ainda na gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, e entraram em funcionamento no primeiro ano da administração Lula. O objetivo era dar mais transparência e eficiência aos gastos em substituição às contas "tipo B", pelas quais o servidor recebia dinheiro e depois comprovava os gastos. O objetivo é que os cartões fossem usados para gastos emergenciais e essenciais.
Desde a utilização do cartão, no entanto, tem se verificado desvio de funções nesse uso. Há denúncias de que esse meio de pagamento foi utilizado até em sex-shop e para compra de bebidas alcoólicas.

Os extratos dos gastos com cartões corporativos estão disponíveis no Portal da Transparência do governo federal com livre acesso para todos os cidadãos. O endereço é www.portaldatransparencia.gov.br

Com informações dos sites Claudio Humberto e Último Segundo.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Morre Ruy Pereira em acidente automobilístico



Morreu na noite de ontem, 5ª feira, o Secretário Estadual de Educação do RN e ex-prefeito de Serra Negra do Norte (RN), Ruy Pereira dos Santos, de 63 anos. O acidente ocorreu na cidade de Goiana, Estado de Pernambuco, para onde o secretário viajava semanalmente. Ruy era irmão do suplente de vereador Fernando Lucena, do PT, e do atual prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado. A notícia da morte do secretário estadual surpreendeu ao universo político do Rio grande do Norte. O sepultamento deverá ocorrer provavelmente em Recife, onde reside seus familiares.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Justiça ágil: STF analisa habeas-corpus de Arruda




O governador do Distrito Federal já se encontra na sede da Polícia Federal em Brasília. Os advogados que fazem sua defesa já protocolaram no Supremo Tribunal Federal um pedido de habeas-corpus que está sendo analisado pelo ministro Marco Aurélio Mello, que prometeu divulgar sua decisão ainda hoje.
Nota do Blog: Embora esteja escrito na Constituição Federal de 1988, que todos são iguais perante a lei, não é bem assim. Na prática, não são. A Justiça, que diariamente é acusada de lenta, costuma ser de uma agilidade impressionante, quando estão envolvidos interesses de poderosos. De pessoas que embora mortais, sejam ligadas ao Poder. Vamos a um exemplo? Há não muito tempo, durante a Operação Satiagraha, da Polícia Federal, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, em 48 horas concedeu dois habeas-corpus e soltou duas vezes o banqueiro Daniel Dantas, que sabe e pode muito na República. "Nunca neste país", a Justiça foi tão ágil para soltar um brasileiro preso.
É possível, por óbvias razões, que o governador José Roberto Arruda seja imediatamente solto e possa participar da folia do Carnaval, rindo dos homens de bem que insistem em acreditar que existe Justiça neste país.

STJ decreta prisão de Arruda. Ele se entrega à Polícia Federal




"Os ministros da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) referendaram a decisão do ministro Fernando Gonçalves de mandar prender preventivamente o governador do Distrito Federal (DF), José Roberto Arruda (sem partido),e outras cinco pessoas por tentativa de coação de testemunhas e obstrução da Justiça.

Votaram os 14 ministros da Corte Especial do STJ. Dois foram contrários à decisão. Gonçalves é o relator, no STJ, do caso sobre o esquema de corrupção descoberto no governo distrital e que seria comandado por Arruda.

O pedido de prisão preventiva foi elaborado pelo Ministério Público Federal e acolhido pelo ministro Fernando Gonçalves, relator do Inquérito 650 que investiga a suposta distribuição de recursos suspeitos a membros da base de apoio ao governo do Distrito Federal.

O esquema, revelado pela Polícia Federal na Operação Caixa de Pandora, que deu origem ao inquérito, consistiu na arrecadação de dinheiro junto a empresas contratadas pelo governo e distribuição de propinas a secretários e deputados distritais.

A acusação de obstrução da Justiça se refere a tentativas de compra de testemunhas para que contestassem, em depoimento oficial, as denúncias feitas pelo ex-secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa, que gravou em vídeos várias cenas em que Arruda e outros recebem maços de dinheiro que seria de propina.

Foi decretada a prisão preventiva também do suplente de deputado distrital Geraldo Naves; do ex-secretário de Comunicação do governador, Wellington Moraes; do ex-secretário e sobrinho de Arruda, Rodrigo Arantes Carvalho, e Haroldo Brasil Carvalho, ex-diretor da Companhia Energética de Brasília (CEB), origem funcional e política de Arruda.

Também foi decretada a prisão de Antonio Bento, funcionário público aposentado e conselheiro do metrô do Distrito Federal flagrado pela Polícia Federal quando entregava uma sacola com cerca de R$ 200 mil ao jornalista Edson Sombra.

A tentativa de suborno do jornalista Edson Sombra, protagonizada pelo conselheiro da CEB Antonio Bento, gravada pela Polícia Federal com autorização de Sombra, associada a fortes indícios de autoria e materialidade, justificaram o pedido de prisão.

Atuação criminosa
Em seu relatório, o ministro Fernando Gonçalves ressaltou a interferência do grupo de Arruda, a quem chama de "organização criminosa" nas investigações. "O grupo criminoso está apagando os vestígios de sua atuação criminosa. Também atua no controle dos deputados da Câmara Legislativa. A organização criminosa instalada continua valendo do poder econômico e político para atrapalhar as investigações e garantir a impunidade", disse o ministro.

As investigações da PF apontam que pelo menos cinco pessoas participaram da tentativa de suborno orquestrada pelo governador Arruda. O deputado distrital Geraldo Naves foi o mensageiro de um bilhete escrito pelo governador para Sombra, o que, para o ministro Fernando Gonçalves, confirma a participação de Arruda no caso. "O bilhete é uma das provas da materialidade da participação do governador Arruda no crime", disse à Corte Especial do STJ." Com informações do Yahoo Notícias.

Nota do Blog: Nem tudo está perdido na República Federativa do Brasil. O Governador do Distrito Federal, o centro do poder no Brasil, está preso na Polícia Federal em Brasília. O fato é marcante e emblemático. Afinal, há mais de dois meses, o Governador José Roberto Arruda vinha utilizando-se de todas as brechas da lei, no âmbito legislativo, para escapar da perda do mandato de governador. Sem partido, pois pediu para sair do DEM pouco antes de ser expulso, vinha conseguindo manipular sua base de apoio na Câmara Distrital, e, ganhando tempo, imaginava sair ileso das acusações de chefiar um esquema de corrupção no governo do Distrito Federal.
A indignação crescia em todos os segmentos da sociedade brasileira, surpresa e inconformada com a capacidade de articulação de José Roberto Arruda, chegando ao cúmulo de dizer textualmente que perdoava seus acusadores.
O Superior Tribunal de Justiça diante da incapacidade do legislativo distrital de conduzir um processo legal, acolheu denúncia e decretou a prisão do governador. Hábil, o governador pediu afastamento do cargo estando sendo analisado se assume o vice Paulo Octávio, sob o qual também pesa acusações de envolvimento no mesmo esquema de corrupção, ou se assume o atual presidente da Câmara Legislativa Distrital Wilson Lima, ambos aliados de Arruda. Brasília vive um clima político bastante quente nestes dias que antecedem o Carnaval.

Exclusivo para elas




O Blog é democrático e também carnavalesco. O vídeo acima é uma tentativa de contribuir para deixar as participantes do Carnaval areia-branquense cada vez mais bonitas. Bom Carnaval para todas!

O Carnaval é do povo!!!





O Carnaval é um período de festas regidas pelo ano lunar no Cristianismo da Idade Média. O período do Carnaval era marcado pelo "adeus à carne" ou "carne vale" dando origem ao termo "Carnaval". Durante o período do Carnaval havia uma grande concentração de festejos populares. Cada cidade brincava a seu modo, de acordo com seus costumes. O Carnaval moderno, feito de desfiles e fantasias, é produto da sociedade vitoriana do século XIX. A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspirariam no Carnaval parisiense para implantar suas novas festas carnavalescas.
Portanto,tudo começou no Século XI, com a implantação da Semana Santa pela Igreja Católica, antecedida por quarenta dias de jejum, a Quaresma. Esse longo período de privações acabaria por incentivar a reunião de diversas festividades nos dias que antecediam a Quarta-feira de Cinzas, o primeiro dia da Quaresma. A palavra "carnaval" está, desse modo, relacionada com a idéia de "afastamento" dos prazeres da carne marcado pela expressão "carne vale", que, acabou por formar a palavra "carnaval".
Em geral, o Carnaval tem a duração de três dias, os dias que antecedem a Quarta-feira de Cinzas. Em contraste com a Quaresma, tempo de penitência e privação, estes dias são chamados "gordos", em especial a terça-feira (Terça-feira gorda, também conhecida pelo nome francês Mardi Gras), último dia antes da Quaresma. Nos Estados Unidos, o termo mardi gras é sinônimo de Carnaval.

No período do Renascimento as festas que aconteciam nos dias de carnaval incorporaram os baile de máscaras, com suas ricas fantasias e os carros alegóricos. Ao caráter de festa popular e desorganizada juntaram-se outros tipos de comemoração e progressivamente a festa foi tomando o formato atual. Com informações da Wikipedia.

Nota do Blog: Como vimos, o Carnaval é uma festa tradicionalíssima, que vem desde o Século XI, portanto a apenas 1.000 anos. Isso mesmo: dez séculos.
Aí, agora, em 2010, pleno século XXI, a prefeita de Martins (RN), Maria José de Oliveira Gurgel Costa resolve PROIBIR em seu município a mais tradicional festa popular do planeta. E com pena de cadeia. Independente dos aspectos jurídicos quanto à sua flagrante inconstitucionalidade, a gestora daquele município foi além do razoável. O Legislativo do município, também, ao aprovar lei tão absurda e desproposital. No Estado democrático de Direito, os interesses coletivos prevalecem e se harmonizam com os interesses individuais. O Carnaval é uma festa livre, popular, mas de participação expontânea.

Permitam-se imaginar o prefeito do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho, filho do carnavalesco histórico Sérgio Cabral, proibir o desfile das Escolas de Sambas na Marquês de Sapucaí, no Rio. Agora, voltemos para nossa terra Areia Branca. Já pensou o que seria dos foliões e conterrâneos, se Souza resolvesse proibir a "Soma"? Os arrastões?
O Carnaval é do povo e portanto, é proibido proibir. A secular festa popular é antes de tudo um encontro de confraternização entre conterrâneos e visitantes e deve ser celebrada com liberdade, senso de humor, respeito e descontração. Iwipanim Clube, estamos chegando!

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Por que somente em ano de eleições?





As duas imagens acima são sintomáticas e demagógicas. Refletem, ambas, objetivos eleitoreiros visto que estamos em ano de eleições. Impensável encontrar Dilma Rousself nos corredores da TV Record fazendo omelete e Serra nas enfermarias dos hospitais paulistas em um período não eleitoral. Até outubro, muitos serão os abraços falsos, beijos indesejados, tapinhas nas costas convenientes e outras atitudes dissimuladas, todas com a nítida intensão de passar uma imagem popular, capaz de tornar-se merecedor do seu voto. Ôlho vivo. A pergunta que não pode deixar de ser feita: por que não agem dessa maneira no dia a dia, ao longo do mandato? Arrogantes e inacessíveis durante o mandato, transformam-se na maior das simpatias quando isso pode lhe render voto. Aceitar ou não esse jeito de ser é um direito de cada um de nós. Nas urnas.

IRPF 2010: O Leão está de volta a partir de 1º de Março





A Receita Federal do Brasil publicou, na edição desta quarta-feira (10) do DOU (Diário Oficial da União), a instrução normativa 1.007, que dispõe sobre a apresentação da Declaração de Ajuste Anual do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, referente ao exercício de 2010, ano-calendário de 2009.

As novidades e mudanças que constam na IN serão detalhadas pelo secretário da Receita Federal do Brasil, Otacílio Dantas Cartaxo, e pelo Supervisor Nacional do Imposto de Renda, Joaquim Adir, ainda nesta quarta-feira.

De acordo com o texto publicado no DOU, entre as principais mudanças, na comparação com regras publicadas no ano passado, estão:



* A exclusão do contribuinte que participou, em qualquer mês calendário, do quadro societário de sociedade empresária ou simples, como sócio ou acionista, ou de cooperativa, ou como titular de empresa individual, dos contribuintes obrigados a apresentar a declaração, desde que não se enquadre em nenhuma das demais hipóteses que exigem a entrega do documento.
* O aumento do limite para posse ou propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de R$ 80 mil para R$ 300 mil, para tornar o contribuinte obrigado a declarar.
* A inclusão dos contribuintes que receberam rendimentos com exigibilidade suspensa do IR entre os proibidos de utilizar formulário de papel.
* A possibilidade de ampliar o número de cotas de pagamento do imposto (até 8), até a data de vencimento da última cota, por meio de declaração retificadora ou pela opção “Extrato DIRPF” no site da Receita.
* A possibilidade de incluir, cancelar ou modificar, após a entrega da declaração, a opção do pagamento do imposto pelo débito automático, por meio do “Extrato DIRPF”, no site da Receita (seguindo regras de dia e horário para mudanças no próprio mês ou para o mês seguinte).

Prazo de entrega

A declaração deve ser apresentada no período de 1º de março e 30 de abril de 2010. Para este ano, a Receita manteve a ampliação do horário de entrega da declaração pela internet, mas deixou a hora limite ainda mais clara, para evitar confusões.

No ano passado, quando o contribuinte ganhou mais quatro horas para cumprir com a obrigação, a RFB especificava que o documento poderia ser entregue até a meia-noite do último dia do prazo, frisando que documentos entregues 00h01 seriam considerados em atraso.

Este ano, conforme publicado no DOU, o serviço de transmissão do documento via internet será interrompido às 23h59min59seg do dia 30 de abril.
Com informações do site UOL.

OAB Federal não desiste e insiste no pedido de afastamento e prisão de Arruda




"O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, protocola neste momento, na Procuradoria Geral da República, um ofício pedindo para que o Ministério Público Federal solicite ao Superior Tribunal de Justiça o afastamento do cargo e a prisão preventiva do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (ex-DEM). Ophir Cavalcante argumenta que além das graves acusações que pesam contra Arruda, há fortes indícios de que ele tenta obstruir a ação da Justiça no caso revelado pela Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, o que ficou claro com a proposta de suborno de uma testemunha para mudar seu depoimento. O presidente da OAB já havia defendido o afastamento de Arruda do cargo, sexta-feira (5), mas agora está certo de que o caso é de prisão preventiva também.

'É improcedente' - Os advogados do governador Arruda criticaram a atitude da OAB, assumindo papel acusador, próprio de promotores. Em nota, o governo do DF comentou apenas a denúncia do Ministério Público Eleitoral, que pretende a cassasão dos mandatos de Arruda e do ex-presidente da Câmara Legislativa do DF Leonardo Prudente pelo fato de terem se desligado do DEM. "O pedido é improcedente, uma vez que o governador deixou o partido, em razão da existência de um processo de expulsão do Democratas em rito sumário", afirma a nota, que conclui: "A prerrogativa jurídica para devolução do mandato é unicamente do partido democratas, o que no caso do governador não foi feito." Com informações do site Claudio Humberto.

Nota do Blog: As muitas evidências e provas das irregularidades administrativas e políticas do Governador do Distrito Federal José Arruda parecem não bastar para sua responsabilização e consequente afastamento do Governo. As filigranas eo tecnicismo jurídico no Brasil permitem todo tipo de postergação de uma medida punitiva efetiva. A OAB Federal está fazendo a sua parte e interpreta com precisão o sentimento brasileiro. Sabemos que na Democracia há de se respeitar o processo legal. Mas a demora e indefinição da Justiça cria uma sensação de impunidade. Até por que Justiça tardia, é Justiça negada.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Aposentados: solenidade sem motivos para comemorar




O Dia Nacional do Aposentado é celebrado em 24 de janeiro. No entanto, ocorreu hoje uma sessão no Senado para comemorar o Dia Nacional do Aposentado. Centenas deles lotaram as galerias e o plenário da Casa para cobrar a aprovação dos projetos que defendem seus direitos. O diretor de organização da Nova Central de Sindical, Isaac Neco, afirmou que eles querem conseguir a aprovação na Câmara do projeto que trata do fim do fator previdenciário e da emenda no projeto sobre o salário mínimo que vincula os vencimentos de aposentados e pensionistas aos dos trabalhadores da ativa.

“Aproveitamos a sessão para enfocar a necessidade da queda do fator previdenciário, que hoje é uma luta para os aposentados. Hoje está sendo devastado o salário desta categoria. Queremos também a equiparação porque não podemos deixar que aposentados tenham aumento salarial tão irrisório perante os trabalhadores da ativa”, disse Neco.

Os dois projetos a que se refere o sindicalista estão com a tramitação praticamente paralisada na Câmara. Para tentar evitar derrotas no tema, o governo editou em dezembro de 2009 uma Medida Provisória dando aumento real para aposentados e pensionistas. A MP reajustou os benefícios em 2010 em 6,14% e determinou que em 2011 o reajuste será o equivalente à inflação mais 50% do percentual de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2009, se este for positivo. O Congresso ainda não votou a MP e poderá alterar estes percentuais

Nota do Blog: Pensando bem, pouco ou nada tem a comemorar os aposentados e pensionistas que ao longo do tempo tem sua situação financeira agravada pela perda sistemática do poder aquisitivo, que os condena a sérias dificuldades para sobreviver. Ao se aposentarem, estavam certos de que mesmo limitada, aquela aposentadoria proporcionaria um mínimo de segurança financeira para o resto de suas vidas. Puro engano. Sem poder de reivindicação, são tratados com descaso e até com desrespeito no que se refere aos reajustes de suas minguadas aposentadorias. Lula, quando candidato, gravou depoimentos de que com ele na presidência os aposentados e pensionistas "deste país", teriam garantias de dignidade. Não cumpriu a promessa. Havia a ilusão de que um presidente metalúrgico promoveria uma política salarial justa para os trabalhadores. Essa garantia hoje é privilégio apenas dos sindicalistas.

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Adolescentes: como amá-los?





Pai de um filho adulto, Bruno, e de dois adolescentes, Paulo Vítor e Ígor, vivencio como pai o desafio diário de encontrar os melhores caminhos para ajudá-los a serem homens livres, sadios e do bem. Costumo dizer que sou da última geração que respeitava os pais e da primeira geração de pais cujos filhos não respeitam os pais. Tudo em função da modernidade, da globalização de comportamentos e modo de viver. Conheço pais que renderam-se à modernidade e foram incapazes de evitar grandes decepções. Ser retógrado na criação de filhos também gera problemas. Penso que o caminho está no equilíbrio e na coragem de estabelecer limites.

Para este Sábado e Domingo, o Blog transcreve o artigo abaixo da psicóloga Ceres Araújo. Boa leitura a todos! Bom fim de semana!


"... cabe aos pais, em primeiro lugar, esforçarem-se para manter uma relação aberta, espontânea, de confiança, da acolhida, de respeito e de alta tolerância com seu adolescente, sabendo que ele está atravessando uma fase de vida complicada e importantíssima para seu desenvolvimento futuro. “Há que se ser firme sem perder a doçura”. ????????? Ser autoridade é diferente de ser autoritário, como ser respeitado é diferente de ser temido. Do mesmo modo ser tolerante não significa ser venal, frouxo, inconsistente, bobo. (uma dessas???)"


A adolescência se caracteriza pela instabilidade emocional, observada como altos e baixos no humor, pela consequente imprevisibilidade de reação, pela tendência à desobediência, manifesta pelo negativismo, pela oposição às autoridades instituídas. Tudo isso significa normalidade, significa padrão desejável de conduta. Para transformar-se em uma pessoa, o adolescente precisa psicologicamente se afastar do mundo dos pais, deixar de ser o bebê da mamãe e o filhinho do papai. A autonomia e a independência precisam ser conquistadas e, na maioria dos casos, isso se processa via confronto. Tem-se, por conseguinte, o “rebelde sem causa”, no qual o confronto é que verdadeiramente importa.
Cumpre assim, sempre ouvir o adolescente, pois ele precisa de um interlocutor atento, verdadeiramente interessado e paciente. É nas suas argumentações e contra-argumentações, nas suas réplicas e tréplicas, que o adolescente consegue ir estruturando seus próprios pontos de vista, às vezes semelhantes aos dos pais, às vezes opostos. São esses pontos de vista que mais tarde se transformam em valores e princípios próprios.

Forma de colocar limite varia com a idade

Limites são sempre necessários, seja na infância, seja na adolescência e, muitas vezes, mesmo na vida adulta, quando filhos ainda moram na casa dos pais. Porém, a forma de se colocar esses limites precisa ser diferente em cada idade. Verifico que com as crianças, mesmo com as bem pequenas, os pais costumam explicar, justificar os “nãos” exaustiva e desnecessariamente e, quando os filhos se tornam adolescentes, tendem a dar muitos “nãos” e sem justificá-los. Provavelmente cansaram de tanto explicar! Isso é totalmente errado, sendo correto justamente o contrário.

O “não”, a interdição colocada pelos pais tem sempre a função protetora. Em qualquer idade o número de “nãos” deve ser sempre reduzido. Os “nãos” devem ser ditos exatamente naqueles pontos onde os pais acreditam que é superimportante a interdição. Na infância não é preciso que se deem enormes explicações ou justificativas, pois a criança não é capaz da internalização de uma ética pessoal, quem sabe o que é bom, o que faz bem para a crianças são seus pais e não a própria criança. Já na adolescência, época do início do estabelecimento de uma ética própria, o filho necessita ser ouvido, ouvido e ouvido, quantas vezes forem necessárias.

Não significa que os pais devam sempre dizer sim. Normas, princípios e valores são transmitidos aos filhos mediante às atitudes dos pais em relação ao mundo em geral, mas também são ensinadas pela interdição colocada frente a determinadas situações de vida. Nem tudo é possível, sempre, o que acarretará frustrações. Porém, lidar com frustração, entreter tensão, adiar satisfação de desejo são aprendizados necessários em todas as etapas da vida.

Especialmente na adolescência, tal ensinamento e tal aprendizado não são fáceis, dadas as características psicológicas dessa faixa etária. Assim, cuidados devem ser tomados na relação pais-adolescente. Ajuda muito quando os pais têm o próprio desenvolvimento psicológico adequado à idade, quando são pessoas estáveis, tranquilas e têm boa qualidade de vida. Caso contrário, os conflitos vividos na relação com os filhos poderão serem maximizados pelos problemas não resolvidos dos pais com eles mesmos.

Quais cuidados devem ser tomados? A relação pais-adolescente é uma relação delicada que deve ser “cerimoniosa”. Pais gostam muito de perguntar sobre amigos, namorado (a), eventos, etc., muitas vezes por ansiedade e medo do que possa ocorrer com seu filhinho (a), sendo que o adolescente, em geral, detesta ser interrogado. Em um ambiente familiar onde a confiança impera, onde os pais têm a expectativa de participar do mundo dos filhos, mas se contêm, espontaneamente o adolescente faz relatos sobre sua vida.

Com frequência os adolescentes usam de omissões e mentiras. As omissões são esperadas e até desejadas. Nessa idade, os pais não controlam o mundo interno de seus filhos, que têm a necessidade e o direito de experimentarem serem sujeitos de sua ação e responsáveis por ela. Assim, não precisam estar contando aos pais tudo o que lhes acontece. Entretanto, mentiras não são toleradas em qualquer idade. Geram perda de confiança e determinam mais necessidade de mais controle e restrições.

Muitas vezes o adolescente, supõe que vai receber um não frente ao seu pedido, mente sobre o que irá fazer. Outras vezes, supõe que será punido por algo que fez e não deveria e mente para evitar castigos. Quando o que se supõe não pode ser objetivamente verificado tem-se um problema de comunicação. São os problemas de comunicação que trazem as mentiras, a desconfiança, a falta de crédito na relação pais-adolescente.

Assim, cabe aos pais, em primeiro lugar, esforçarem-se para manter uma relação aberta, espontânea, de confiança, da acolhida, de respeito e de alta tolerância com seu adolescente, sabendo que ele está atravessando uma fase de vida complicada e importantíssima para seu desenvolvimento futuro. “Há que se ser firme sem perder a doçura”. ????????? Ser autoridade é diferente de ser autoritário, como ser respeitado é diferente de ser temido. Do mesmo modo ser tolerante não significa ser venal, frouxo, inconsistente, bobo. (uma dessas???)

Como em todas as relações humanas, discussões são esperadas, mas quando elas se transformam em brigas, surgem os gritos, os berros e as ameaças. A falta de controle leva a se dizer aquilo que jamais deveria ser dito, de ambos os lados, abrindo feridas difíceis de serem reparadas. Um estresse crônico vivido na relação pais-adolescente é lesivo para todos."

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Eleições 2010: começou o "vale-tudo"







O inimaginável acontece na TV aberta brasileira. Ontem, o programa "SuperPop", da RedeTV, apresentado pela doublê de modelo e apresentadora Luciana Gimenez exibiu nada mais nada menos que a super poderosa ministra do Gabinete Civil da Presidência da República, Dilma Rousself, fazendo omelete. Isso mesmo. O esforço desmedido para popularizar a reconhecidamente antipática ministra, não irá certamente parar por aí. O telespectador pode aguardar mais da candidata a candidata a presidente da República. Com uma imagem pesada e sem nenhuma empatia, ao contrário do carismático Lula, seus marqueteiros terão muito trabalho pela frente. Não estivéssemos em um ano eleitoral, seria absolutamente impensável que Dilma Rousself se disporia a participar de um programa não jornalístico e de gosto discutível pelos temas que apresenta. Mas... o vale tudo começou e tenhamos certeza, não haverá limites.
O detalhe é que o programa foi ao ar minutos após o programa da propaganda eleitoral "gratuita" do Partido Verde (PV), de 10 minutos, com a também candidata a candidata a presidência da República, falando sobre seu projeto político e de sua história de vida como militante do PT, abordando temas mais importantes e certamente de maior interesse para os telespectadores. O Governo sabia da agenda dos programas eleitorais o que torna a coincidência suspeita, configurando-se assim sua clara intensão de neutralizar ou obscurecer a apresentação da ex-petista e hoje principal liderança do Partido Verde, no país.

OAB defende afastamento imediato de Arruda




“Chegamos a um quadro de falência múltipla dos órgãos do Distrito Federal”, desabafou o advogado e presidente da OAB Nacional, Ophir Cavalcante. Ele afirmou em entrevista coletiva que a entidade estuda ingressar com uma ação na Justiça com o pedido de afastamento do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, após a divulgação de novas provas ontem. Já o presidente da seccional do DF da OAB, Francisco Caputo, disse que “O governador faria um grande serviço à sociedade se ele se afastasse do cargo e permitisse que a investigação corresse de forma mais célere”. A Ordem também vai pedir na Justiça a indisponibilidade dos bens de Arruda e de mais oito deputados distritais e dois suplentes envolvidos nas investigações da Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal. Com informações do site Claudio Humberto.

Nota do Blog: A Ordem dos Advogados do Brasil que tem novo presidente, o advogado Ophir Cavalcante, cumpre o seu papel institucional de representar o sentimento dos brasileiros no que tange aos desmandos ocorridos no Governo do Distrito Federal, o centro do poder no Brasil. No âmbito político, o governador tem conseguido manter a situação sob controle, manipulando decisões de deputados distritais e seus aliados. De forma que desse contexto não se pode esperar um encaminhamento isento que responsabilize os reais infratores da lei. A solução só poderá vir do Judiciário que tem instrumentos legais para atuar e no estrito limite da lei, promover o devido processo de apuração das irregularidades administrativas naquela unidade federativa. A pressão da OAB reveste-se da maior importância para que o absurdo não passe despercebido pelo Judiciário. Sob pena de transformar de vez, o Brasil numa terra sem lei.

Brasília: Arruda não se rende e mantém no chão o nível de seu governo




Agravou-se ainda mais a situação do governador José Roberto Arruda, do Distrito Federal. Um novo flagrante de suposta tentativa de suborno de uma das testemunhas do escândalo revelado pela Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, demonstra que o governador não se intimida com as ações da Justiça, desafiando-a de todas as formas.

Segundo o site Claudio Humberto, o jornalista Edson Santos, o "Sombra", disse haver negociado com Arruda, por meio do deputado Geraldo Naves e depois de Antônio Bento, funcionário do seu jornal. Nesta quinta-feira, Bento foi preso pela PF após entregar R$ 200 mil a "Sombra".

Em nota, o governador garante ter sido procurado insistentemente por Bento, "primeiro com o pedido de um encontro com Sombra e, a seguir, com pedido de patrocínio para o jornal dele, O Distrital. "Todos os pedidos foram negados". A nota ainda identifica Sombra como "íntimo colaborador" de Durval Barbosa, o delator do suposto esquema de corrupção no governo.

O denunciante entregou à PF um bilhete que teria sido redigido de próprio punho pelo governador, confirmando a negociação, e uma declaração que Sombra assinou afirmando serem "montagens" as gravações em vídeo de Barbosa. Sombra disse que o valor total da propina seria de R$ 1,2 milhão, em parcelas.

Nota do Blog: Desta vez, as meias não caberiam o volume de R$ 200 mil e simples assim, foram entregues em uma bolsa como essas de uma loja. O que impressiona em casos como este e outros do gênero é a cara de pau dos defensores, tentando negar algo impossível: a imagem.
Os bandidos comuns tem suas regras e éticas próprias. Quando são flagrados pela polícia, admitem e dizem: "a casa caiu". A partir daí se rendem. Outros bandidos "incomuns" são flagrados, filmados, gravados, mas ainda assim, convencidos da impunidade, inventam histórias como aquela de que o dinheiro recebido pelo governador Arruda era para pagar panetones para a população carente. Em um utópico país sério, um governador com esse grau de criatividade e desfarçatez, não seria político. Seria ilusionista.